Memorial do Convento

Com esta obra de Saramago, caros alunos, fechamos o ano letivo, mas espero, de algum modo, abrir caminhos, alargar horizontes…

Começo por apontar as quatro linhas de ação que nos guiarão nessa viagem no tempo, que também é Memorial do Convento. Estas linhas estão esquematizadas no nosso manual (p. 257) e desenvolvidas no site Farol das Letras (ver Links de Interesse).

memorial-do-convento-adriana-arezes-12agd-4-638

memorial-do-convento-adriana-arezes-12agd-5-638

memorial-do-convento-adriana-arezes-12agd-6-638

memorial-do-convento-adriana-arezes-12agd-7-638

Hoje, damos também voz a alunos de outras escolas, que gentilmente postaram os seus trabalhos no YouTube.

O primeiro trata das personagens.

Não querendo menosprezar o belíssimo trabalho feito por estas meninas que vivem, seguramente, no norte do nosso país, há que vos alertar: encontrei  cinco erros de acentuação no videoclip.

Desafio: quem os descobre?!

O próximo trabalho fez-se com base no capítulo XVI da obra. É de relembrar que Saramago não numera os capítulos; nós é que o fazemos, porque nos dá muito jeito.

Com esta curta-metragem, bem arrojada (principalmente, na caracterização física de Blimunda), é caso para dizer: “Quando a terceira e a quarta linhas de ação de Memorial do Convento se unem, o voo surge…”! 

(Pessoalmente, gostaria que a imagem fosse um pouco mais “solar”, porque o essencial do capítulo e o sentir das personagens está muito bem apanhado!)

E Domenico Scarlatti fica em terra, voando apenas na sua música.

Bons voos na música barroca com Scarlatti ou, como diz Blimunda, Escarlate!

IA

Para que possam acompanhar o visionamento do primeiro videoclip, segue esta ficha de trabalho:  Aferição do visionamento Memorial de Convento as personagens
NOTA: As imagens presentes neste artigo foram colhidas no Google Imagens.
Anúncios

Publicado por

isauraafonseca

Professora do Ensino Secundário - Português

2 opiniões sobre “Memorial do Convento”

  1. Parabéns, Isaura. Mais um belíssimo trabalho didático (narrativo, literário e cultural) sobre parte de «O Memorial do Convento». Parabéns! Venham-me depois dizer que as novas tecnologias e as redes sociais prejudicam o ensino. O mal (a haver) está no seu mau uso, acrítico e encarado, apenas, como puro divertimento.
    Beijinho!
    daVid

    Gostar

    1. Muito obrigada, David!
      Subscrevo inteiramente as suas palavras ( a partir do quarto período do seu comentário). De facto, na internet há de tudo: preciso é saber escolher e usar.

      Os trabalhos destes alunos não são perfeitos, mas evidenciam o saber essencial sobre o assunto, o empenho dos seus autores, a pesquisa e a vontade de fazer “bonito com conteúdo, sumo”! Porque “bonito sem conteúdo” também abunda no mundo virtual!

      Depois há que valorizar o que os alunos produzem, mesmo que não sejam os nossos. Estes só terão a aprender com a experiência dos outros.
      (Espero eu! Assim, em tom exclamativo, num tímido parêntesis)

      Quarta-feira (hoje, a sala não tinha projetor e, por isso, a aula decorreu de outra forma), veremos o seu comentário em aula.

      Beijinho,
      IA

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s