Um cantinho para o Amor Cortês

Uma viagem no tempo

Para desanuviar, recuemos 700 anos com um cantar de amor, à maneira provençal, interpretado por Amancio Prada.

 

A dona que eu am’e tenho por senhor

amostrade-mi-a, Deus, se vos en prazer for,

           senom dade-mi a morte.

 

A que tenh’eu por lume destes olhos meus

e por que choram sempr’, amostrade-mi-a, Deus,

          senom dade-mi a morte.

 

Essa que vós fezestes melhor parecer

de quantas sei, ai, Deus!, fazede-mi-a veer,

         senom dade-mi a morte.

 

Ai Deus! que mi a fezestes mais ca mim amar,

mostrade-mi-a, u possa com ela falar,

       senom dade-mi a morte.

Bernal de Bonaval (CBN, B1066)

 Página 1  Página 2

Bom fim de semana!

IA

Anúncios

Publicado por

isauraafonseca

Professora do Ensino Secundário - Português

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s