“Sermão de Santo António” – Fragmentos textuais 1

Padre António Vieira escreveu O Sermão de Santo António, com o intuito de louvar as virtudes do santo mas também de censurar os vícios/defeitos dos homens. Para isso, utiliza os peixes para chegar aos homens: quatro peixes a enaltecer e quatro, a criticar. (…) 

O pregador defendia que Santo António, tal como o Santo Peixe de Tobias, possuía um coração bom e puro e que as suas palavras tinham o poder de influenciar a audiência. (…) Tal como o peixe, Santo António tinha um coração capaz de afastar os valores, as atitudes negativas e as suas palavras “abriam os olhos”, à audiência, aos pecadores, para que estes mudassem o seu comportamento.”

Maria Santos

 

“Com os Roncadores, Padre António Vieira faz, basicamente, una crítica aos homens que são presunçosos, vaidosos, realçando que são pequenos, insignificantes, mas falam muito, gabam-se demasiado, querem parecer mais poderosos do que, realmente, são. Não têm grandes qualidades, mas precisam de se afirmar, por isso, são acusados de muita arrogância  e pouca firmeza. (…) É então que o orador apresenta alguns exemplos bíblicos que, em certos momentos (episódios), se aproximam deste “peixezinho”: S. Pedro, Golias, Caifás e Pilatos.”

Jéssica

 

“O Sermão de Santo António, de Padre António Vieira, é uma obra em que se condena os comportamentos negativos dos Homens. Este texto pode ser considerado intemporal pois, apesar de ter sido escrito no século XVII, nele repreendem-se comportamentos ainda atuais.

Vieira, ao longo do seu sermão, mostra um contraste constante entre os homens mais fracos (mais desfavorecidos) e os mais fortes (poderosos), através das repreensões que vai fazendo aos peixes, que, segundo ele, são como os homens: “comem-se uns aos outros”, isto é, os mais ricos “comem” os mais pobres. Isto continua a ser atual, infelizmente! (…)

A maioria de nós deixa-se levar pelo interesse, pela vontade de ter mais, de ser “algo” mais na vida.  (…) Mas temos de começar a pensar mais nos outros e não apenas em nós. Temos de ser mais humildes…”

Daniela

 

“Os voadores são criticados por padre António Vieira (PAV), no Sermão de Santo António pois, como muitos homens, são gananciosos e querem ser mais do que aquilo que lhes foi atribuído naturalmente, isto é, os voadores, porque têm características físicas diferentes das dos outros peixes (barbatanas maiores), usam essas características para se “tornarem” aves…

No fundo, estas críticas de PAV são um conselho aos peixes e aos homens para estes agradecerem a Deus o que lhes foi atribuído.” 

Gonçalo

Anúncios

Publicado por

isauraafonseca

Professora do Ensino Secundário - Português

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s