Dia de são Valentim

Dia de são Valentim, no 10.º 7, foi um bocadinho assim:

Rótulos? O Amor não tem!

Se o amor é para ser vivido a dois

E se o casal não lhe atribui rótulos,

Por que é que nós os pomos?

Por que é que não podemos demonstrar

Aquilo que realmente somos?img255

 

Aceitar a nossa diversidade

Agora começa!

Desde que haja amor,

O resto não interessa!

 

Se o amor é verdadeiro,

Se é sentimento brilhante,

Por que é tantas vezes julgado?

Por que é que o diamante

Tem de ser criticado?

 

img256

O que o órgão vermelho dita

Não se consegue alterar.

Não importa a cor, a religião ou a cultura,

O que interessa é amar!

 

Amar sem entraves,

E optar sempre pelo bem,

Não ter medo de o mostrar porque

Rótulos o Amor não tem!

Gonçalo Cardoso, n.º 6, Mafalda Castro, n.º 16, 
Maria Inês Pereira, n.º 17,

O meu sentido amoroso

é como um rebanho perdido:

não consegue encontrar caminho,

porque está muito ferido.

 

Estou a tentar achar

para onde ele quer ir…

Não sei o que decidir

para conseguir amar!

 

img257

Mas esforcei-me tanto

que consegui encontrá-lo,

como um fantástico canto

que só penso em cantá-lo!

 

Após o ter descoberto,

o meu coração se exaltou,

já não sinto aquele aperto,

a minha felicidade voltou!

Jorge Martins, n.º 11

Um dia…

Era um dia como todos os outros. Lia um livro calmamente no baloiço, quando senti o meu magro e frágil corpo cair para trás. Gemidos de dor escaparam por entre os meus lábios.

– Está bem? – perguntou-me um rapaz alto, musculado, com cabelos dourados encaracolados.

Lentamente elevei a minha cabeça para o encarar melhor, mas senti uma dor bastante forte na testa e voltei a deitar-me

– Queira-me desculpar! Lancei o boomerang para o lado errado. No entanto, já não me parece assim tão errado! – sorriu ele numa tentativa de ser sedutor. Mas a única reação que obteve de mim foi um revirar de olhos, com desprezo.

– Não lhe parece errado?! Está a brincar comigo? O seu brinquedo idiota acertou-me na testa! – apontei. – Em vez de tentar seduzir-me, numa tentativa falhada, ajude-me a levantar. Seja prestável em alguma coisa!

Um pouco atrapalhado, ele estendeu-me a sua mão, aproximando-se de mim, mas tropeçou no estúpido boomerang e acabou por cair sobre o meu corpo. Ficámos a encarar-nos, olhos nos olhos, e com a respiração levemente acelerada, num embaraçoso silêncio. Com esta situação constrangedora, algo em mim despertou.

Aproximei-me lentamente do seu rosto angelical, provocando nervosismo no rapaz dos caracóis dourados, que engoliu em seco. Segundos depois, os nossos lábios tocaram-se, originando um intenso e apaixonado beijo, cheio de desejo, cheio de tentação…

E foi assim, querida neta, que conheci o grande amor da minha vida, o teu avô!

Inês Pinto, n.º 8, Matilde Carvalho, n.º 19
Anúncios

Texto Publicitário 3

Lamborghini Aventador

A s  n o s s a s  f r a s e s

Grupo I – Ana Beatriz, Ana Rita, Inês Peixoto e Inês Sofia

0.07 – Nos confins do mundo…
0.14 – Numa estrada perdida…
0.26 – Um som rasga o caminho…
0.44 – A capacidade da destruição inacreditável…
1.07 – Com possibilidade de uma fuga impossível…
1.19 – Contornando cada obstáculo…
1.46 – Até ao fim…
2.06 – Veloz e eficaz…
2.30 – Sem concorrente à altura.

Grupo II – Jéssica, Joana Rodrigues e Maria Rocha

0.07 – Por trás de vales misteriosos,
0.14 – num espaço quase deserto e poeirento,
0.26 – onde tudo parece infinito,
0.44 – surge uma força da natureza, causando temor…
1.07 – a uma velocidade extrema!
1.19 – Reagindo a tudo o que lhe aparece,
1.46 – um carro ultrapassa todos os obstáculos…
2.06 – Nem o obscurecido tempo o pára.
2.30 – Enfrentando tudo, leva-nos à vitória!

Grupo III – Diana, João, Maria Alexandra e Sérgio

0.07 – Algo se esconde por detrás das montanhas;
0.14 – Enfrenta os lugares mais sombrios:
0.26 – o dono da arena…
0.44 – Elegante, majestoso, ágil!
1.07 – Ultrapassa todas as adversidades,
1.19 – mesmo as mais difíceis.
1.46 – Determinado como um touro,
2.06 – sem medo, implacável, avança contra tudo…
2.30 – Saindo sempre vitorioso.

Grupo IV – Cristina Silva, Catarina Dias, Daniela Pacheco, Joana Costa

0.07 – Onde não há esperança…
0.14 – Onde o mistério reina…
0.26 – Onde a estrada é infinita…
0.44 – Onde o perigo é constante…
1.07 – Onde tudo parece impossível…
1.19 – Onde o inesperado impera…
1.46 – Onde a escolha é sua…
2.06 – Onde a sua escolha é arriscar…
2.30 – Entre as trevas a luz vence!

Grupo V – Rita, Gonçalo, Pedro Coelho e Pedro Silva

0.07 – Entre montanhas e vales…
0.14 – e mais montanhas…
0.26 – Surge uma estrada sem fim…
0.44 – Um poder colossal quebra o chão…
1.07 – Só com este carro se pode escapar do fim…
1.19 – Destreza total…
1.46 – Aproxima-se o Terror…
2.06 – Natureza contra a força da natureza…
2.30 – Nada detém este minotauro!
 

Texto Publicitário 2

Com base no anúncio ao Lamborghini Aventador, postado no artigo anterior, venho propor-vos uma atividade escrita.

1. Redija nove frases (com, no máximo, sete palavras) de cariz argumentativo que possam acompanhar a imagem.

1.ª frase ao minuto 0,7; 
2.ª frase ao minuto 0,14; 
3.ª frase ao minuto 0,26;
4.ª frase ao minuto 0,44;
5.ª frase ao minuto 1,07; 
6.ª frase ao minuto 1,19;
7.ª frase ao minuto 1,46;
8.ª frase ao minuto 2,06;
9.ª frase ao minuto 2,30.

NOTA 1: Detete nos títulos dos 2.º e 7.º anúncios erros de acentuação.

NOTA 2: No título do primeiro anúncio falta um sinal de pontuação. Qual e porquê?

Bom trabalho!

IA

Nasceu no Paraíso e viverá num livro

Concurso: “Vamos escrever um conto – Uma estória com números dentro”, promovido pela Oficina de Língua da ESG e pela Biblioteca escolar. 

É com muito orgulho que comunico que a nossa Bruna e a nossa Mara estão de parabéns! O seu conto O Primeiro Lugar” foi selecionado para integrar a coletânea onde constarão as estórias eleitas pelo júri do concurso supracitado.

É caso para dizer: “Que bom é escrever! E como vale a pena participar!“. 

Para abrir o apetite, segue o início desse conto inédito, que em breve deixará de o ser. 

O Primeiro Lugar 

“- Cleópatra está agora em segundo lugar, que recuperação!… Será que conseguirá passar o Val de Granja? Cleópatra está perto de Val … Estão lado a lado, quase a chegar à meta!

Cliques de máquinas disparavam de todos os lados.

– Incrível! Cleópatra ganha por um casco. Eduardo Santos e a sua égua magnífica ganham o primeiro lugar do campeonato mundial de 2010!…

Foi nesse momento que percebi que queria ser como o meu pai, uma campeã. Por esse motivo, decidi começar a montar.

Meio ano depois, já tinha adquirido o equilíbrio que era necessário em cima do cavalo, já agarrava as rédeas com firmeza, a posição dos pés estava quase perfeita e já me sentia muito segura e confiante quando montava. Mas sabia que ainda tinha muito para aprender…”

Bruna e Mara, parabéns pela vossa estória  que é uma belíssima homenagem ao cobiçado número 1!

IA